Porque é importante saber como fazer uma AUDITORIA OPERACIONAL

Se você é estudante, estagiário, consultor técnico, empreendedor sst, dono de consultoria e/ou profissional liberal este post foi estruturado para você e nele vou destacar porque é importante saber como fazer uma Auditoria Operacional fique ligado porque ao finalizar a leitura de hoje você vai ter mais uma carta na manga para utilizar no seu negócio SST.

Antes de mais nada permita-me apresentar o que você vai aprender com no blog post de hoje:

  • Conhecer as Normas de Auditoria;
  • Identificar as Normas relativas à pessoa do auditor;
  • Compreender as Normas para o trabalho de campo do auditor;
  • Entender as Normas relativas à opinião do auditor;
  • Estudar as Normas para apresentação de relatórios.

Entendendo o que são as normas de auditoria.. 

As normas de auditoria estabelecem os requisitos mínimos que devem ser observadas pelo auditor e pela instituição que fará a auditoria na realização do processo auditorial englobando todas as suas fases:

✔planejamento,;

✔execução;

✔relatório e;

✔acompanhamento.

*As normas de auditoria abrangem instruções e procedimentos a serem observados pelo auditor quando da realização do seu trabalho.

Normas Técnicas relativas a atividade de auditoria representam o conjunto de normas que orientam o trabalho em campo.

Normas Profissional relativas à pessoa do auditor representam o conjunto de normas que orientam o trabalho de auditor.

No Brasil, não existem normas específicas para a auditoria operacional, seja ela aplicada no setor privado ou público.

Todavia, em diversos países, a exemplo dos EUA, existem normas específicas para a auditoria operacional.

Normas do Escritório de Contabilidade Governamental (GAO).

Normas de Auditoria Operacional da Organização Internacional das Entidades Fiscalizadoras Superiores (INTOSAI)

Normas de Auditoria do CFC Técnica

  • NBC T 11 – Normas de Auditoria Independente das Demonstrações Contábeis;
  • NBC TA – Normas Técnicas de Auditoria Independente;
  • NBC T 12 – Normas Técnicas de Auditoria Interna.

Normas de Auditoria do CFC Profissional

  • NBC P 1 – Normas Profissionais dos Auditores Independentes;
  • NBC P 3 – Normas Profissionais do Auditor Interno.

Auditor é o profissional que possui conhecimentos de normas e procedimentos de auditoria, e que procura obter elementos necessários para fundamentar a sua opinião sobre algum objeto de estudo.

Pessoa do Auditor  X Tipo de Atividade

Auditor Função
InternoEmpregado que trabalha dentro da empresa
FiscalServidor do poder público
ExternoProfissional independente e autônomo

Normas da pessoa do auditor no que diz respeito às normas relativas à pessoa do auditor, são normas que servem para regular e orientar o trabalho dos auditores, servindo como guias em sua atuação.

  Normas Independência
Imparcialidade
Soberania
Zelo Profissional
Controle de Qualidade
Conhecimento Técnico
Capacidade Técnica

Porque é importante saber como fazer uma AUDITORIA OPERACIONAL

Normas do trabalho de auditoria são normas que servem para regular e orientar o trabalho de auditoria, servindo como roteiro para a realização das atividades.

“O auditor quando executando o seu trabalho, terá livre acesso às dependências do organização auditada, bem como documentos, valores, livros e outros que são considerados indispensáveis para que este possa cumprir as suas atribuições”.

Normas para o trabalho de campo do auditor não pode ser negado ao auditor nenhum processo, documento ou informação.

Se e quando este tipo de situação ocorrer, o auditor deverá comunicar , por escrito, ao presidente da organização auditada, para que sejam tomadas as providências necessárias.

*É de extrema importância que todos os dados sejam oferecidos e de responsabilidade do auditor que isso seja verificado e cobrado para o bom andamento do processo de auditoria.

Ao fazer o planejamento o auditor deverá definir os objetivos, o escopo e a metodologia para alcançá-los, levando em consideração os seguintes pontos:

✔A importância e a necessidade dos usuários potenciais do relatório de auditoria

✔A compreensão do programa que será auditado

✔Os controles administrativos

✔Os critérios necessários para avaliar assuntos sujeitos à auditoria

✔Número de pessoal suficiente para efetuar a auditoria

✔Um plano escrito para a auditoria

Etapas e critérios para o desenvolvimento do processo de auditoria:

  1. Planejamento do trabalho – Prevendo a natureza, extensão e profundidade dos trabalhos.
  2. Elaboração do programa de trabalho – Os exames preliminares serão utilizados para suporte formal de trabalho.
  3. Avaliação dos controles internos – No seu trabalho, o auditor governamental, deverá efetuar exames avaliando a capacidade e efetividade dos controles internos, administrativo e contábil das unidades auditadas

Supervisão dos trabalhos de auditoria

“Todo trabalho de auditoria, desde seu planejamento até a emissão do parecer, bem como o acompanhamento dos resultados, deve ser supervisionado.”

Registros da supervisão da equipe de auditoria

As evidências da supervisão exercida devem ficar registradas nos papéis de trabalho, elencando-se os seguintes itens:

  1. O correto planejamento dos trabalhos;
  2. A aplicação de procedimentos e técnicas para que as metas e objetivos da auditoria sejam atingidas;
  3. A adequada formulação dos papéis de trabalho;
  4. A análise da consistência das observações e conclusões;
  5. A observância dos princípios de auditoria;
  6. Os requisitos de qualidade dos pareceres de auditoria;
  7. O cumprimento das normas de auditoria.

Normas relativas a opinião do auditor

✔O auditor deverá expressar a sua opinião mediante relatório ou parecer da auditoria;

✔O relatório é único e elaborado para cada auditoria que o profissional realizar;

✔O Parecer deverá conter os resultados dos exames efetuados, dependendo da forma ou tipo de auditoria.

Evidências do trabalho trabalho de auditoria

No trabalho de auditoria deve haver evidências suficientes, conclusivas e relevantes para o processo de fundamentação das opiniões e conclusões que os auditores formulam.

Deve ser mantido um registro dos trabalhos desenvolvidos, contendo  informações que permitam ao auditor, sem conhecimento prévio da auditoria, a possibilidade de obtenção de evidências que auxiliem em suas conclusões e julgamentos

Características detalhadas no parecer

CaracterísticaDetalhamento
Concisão Uma linguagem clara e concisa , de forma que seja fácil o seu entendimento por todos, sem necessidade de explicações adicionais por parte de quem elaborou.
ObjetividadeConter mensagem clara a fim de que o leitor facilmente o que se pretendeu transmitir
Convicção Relatar de tal modo que as evidências conduzam qualquer pessoa prudente às mesmas conclusões a que chegou o auditor.
Clareza Assegurar-se de que a estrutura do relatório e a terminologia empregada permitam que as informações reveladas possam ser entendidas por quaisquer pessoas, ainda que não versadas na matéria   
Integridade Incluir no relatório todos os fatos relevantes observados, proporcionando uma visão objetiva das impropriedades ou irregularidades apontadas, recomendadas efetuadas e conclusão
Coerência Assegurar-se de que os resultados da auditoria correspondam aos objetivos determinados
OportunidadeOs relatórios devem ser emitidos tempestivamente, a fim de que os assuntos abordados sejam objeto de oportunas providências
ApresentaçãoOs assuntos devem ser apresentados em uma sequência lógica, segundo os objetivos do trabalho, de forma correta, em linguagem perfeita, isenta de erros ou rasuras que prejudiquem o correto entendimento
Conclusão O relatório deve permitir a formação de opinião sobre as atividades realizadas

O Relatório ou Parecer de auditoria também pode ser conhecido como Certificado de auditoria, podendo ser apresentado de algumas formas:

  1. Certificado Pleno
  2. Certificado Restritivo
  3. Certificado de irregularidade

Relatório, Parecer ou Certificado de Auditoria

Certificado Pleno – É emitido pelo auditor quando este observa que foram seguidos de forma plena os princípios da legalidade, legitimidade e economicidade

Certificado restritivo – Na constatação de falhas, o auditor deverá apresentar omissões ou impropriedades no cumprimento das diretrizes governamentais, quanto aos princípios inerentes à administração pública

Certificado de Irregularidade – Emitido quando o auditor verifica o não seguimento dos princípios da legalidade, legitimidade e economicidade, como nos casos de  comprovação de desfalque, desvio de bens entre outros, etc.

Os relatórios de auditoria deverão:

  • ser entregues por escrito, comunicando os resultados de cada auditoria;
  • ser apresentados tempestivamente, para que a informação seja usada de forma oportuna;
  • ser apresentados demonstrando no conteúdo, os objetivos, o escopo e a metodologia utilizada.

Na apresentação do relatório deve-se observar alguns pontos:

  • Inclusão de recomendações à respeito de medidas apropriadas para corrigir áreas problemáticas e melhorar as operações;
  • Declaração de que a auditoria foi realizada de acordo com as normas de auditoria governamental geralmente aceitas;
  • Indicar o escopo do trabalho nos controles administrativos e qualquer deficiência encontrada durante a auditoria;
  • Citar resultados importantes da administração, principalmente quando as medidas adotadas podem ser utilizadas para melhorar outras áreas.

Espero ter ajudado você com o blog post de hoje porque é importante saber como fazer uma Auditoria Operacional.

“CLIQUE PARA INSCREVER-SE NO MEU CANAL DO YOUTUBE”

E aí, gostou do artigo?

Deixe seus comentários e compartilhe com os seus amigos porque eles podem gostar assim como você!

Abração, Valeu!

P.S.:

Confira quais são treinamentos mais utilizados pelo PETROBRÁS os quais todos os Técnicos e Engenheiros de SST mais utilizam no dia a dia para aplicar dentro da empresa que trabalham aproveite a oportunidade e adquira mais conhecimento e informações sobre a segurança do trabalho, clique para conferir TREINAMENTOS MAIS UTILIZADOS PELA PETROBRÁS

Criador do blog | Website

Técnico De Segurança Do Trabalho no Departamento de Inteligência SST - Meraki Treinamentos.

Diego quebra o silêncio e conta tudo o que sabe sobre como vender serviços de consultoria sem ter experiencia na área segurança do trabalho.

Nós respeitamos a sua privacidade e informações.