A segurança do trabalho explicada em menos de 194 caracteres

Veja como é simples entender a segurança do trabalho explicada em menos de 194 caracteres. O jeito mais rápido de você entender a relação de segurança e prevenção de acidentes do trabalho.

Aqui está tudo o que você precisa saber sobre a segurança do trabalho explicada em menos de 194 caracteres.

O que é mais importante para o profissional sst prevenir o acidente ou corrigir o que aconteceu de errado?

No artigo de hoje vamos entender em poucas palavras o que é a segurança do trabalho e como a mesma funciona no dia à dia.

Ah eu já estava esquecendo do recado que eu tenho pra você. No final do artigo tem uma surpresa especial, leia todo o artigo para ganhar um BRINDE SECRETO.

segurança do trabalho explicada

O que é a segurança do trabalho ?

Segurança do trabalho é a relação entre ciências e tecnologias que relacionadas entre si tem como objetivo promover e garantir a integridade física/mental do trabalhador em seu local de trabalho.

Como?

Através de programas de proteção/prevenção, conscientização/educação, treinamentos, cursos, palestras e etc.

Logo, a implantação de medidas de proteção de carácter administrativo, engenharia, coletiva e individual visando a redução de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

Na prevenção de riscos é primordial dar atenção à voz dos trabalhadores objetivando averiguar as maiores incidências de riscos ambientais, a fim de se obter uma melhor avaliação preventiva do risco na organização e execução do trabalho.

O que é - a segurança do trabalho

Como é formada a segurança no trabalho ?

A segurança no trabalho consiste numa disciplina de âmbito abrangente, que envolve muitas áreas de especialização (mais informações abaixo!), porém no geral, trata-se de:

  • A promoção e a manutenção dos mais elevados níveis de bem-estar físico, mental e social dos trabalhadores de todos os sectores de atividade;
  • A prevenção para os trabalhadores de efeitos adversos para a saúde decorrentes das suas condições de trabalho;
  • A proteção dos trabalhadores no seu emprego perante os riscos resultantes de condições prejudiciais à saúde;
  • A colocação e a manutenção de trabalhadores num ambiente de trabalho ajustado às suas necessidades físicas e mentais;
  • A adaptação do trabalho ao homem;

Por outras palavras, a saúde e a segurança no trabalho englobam o bem-estar social, mental e físico dos trabalhadores, ou seja, da “pessoa no seu todo” no ambiente do trabalho.

Qualquer tipo de condição de trabalho deficiente tem como consequência o poder afetar a saúde e a segurança de um trabalhador.

As condições de trabalho perigosas ou prejudiciais à saúde não se limitam às fábricas – podem ser encontradas em qualquer local, quer o local de trabalho se situe no interior ou no exterior.

Para muitos trabalhadores, como os trabalhadores agrícolas ou mineiros, o local de trabalho situa-se no “exterior”, podendo representar diversos perigos para a saúde e segurança.

As condições deficientes podem igualmente afetar o ambiente onde os trabalhadores vivem, uma vez que o ambiente de trabalho e de vida são muitas vezes o mesmo para diversos trabalhadores.

Tal significa que os perigos consequência de condições de trabalho não seguras e saudáveis, podem ter consequências graves para os trabalhadores, para as suas famílias e para outras pessoas da comunidade, bem como para o ambiente físico que envolve o local de trabalho.

Junte-se a mais de 5.317 pessoas e aprenda a obter melhores resultados com a segurança do trabalho

Nós respeitamos a sua privacidade e informações.

Por outras palavras, a saúde e a segurança no trabalho englobam o bem-estar social, mental e físico dos trabalhadores, ou seja, da “pessoa no seu todo”.

Para serem bem sucedidas, as medidas de saúde e de segurança no trabalho,exigem a colaboração e a participação tanto de empregadores como dos trabalhadores nos programas de saúde e segurança.

Obrigando a equacionar questões relacionadas com a medicina do trabalho, a higiene no trabalho, a toxicologia, a educação,a formação, a engenharia de segurança, a ergonomia, a psicologia, etc.

O importante é frisar que as questões da saúde e da segurança devem ser identificadas em todos os locais de trabalho.

De modo geral, a definição de saúde e de segurança no trabalho engloba quer a saúde, quer a segurança, nos seus contextos mais alargados.

Condições de trabalho deficientes na prevenção de acidentes

Qualquer tipo de condição de trabalho deficiente tem como consequência o poder afetar a saúde e a segurança de um trabalhador.

Condições de trabalho deficientes na prevenção

As condições de trabalho perigosas ou prejudiciais à saúde não se limitam às fábricas – podem ser encontradas em qualquer local, quer o local de trabalho se situe no interior ou no exterior.

Os esforços na saúde e segurança no trabalho devem ter como objetivo:

  • prevenir os acidentes e as doenças profissionais e,
  • ao mesmo tempo, reconhecer a ligação entre a saúde e a segurança do trabalhador, o local de trabalho, e o seu ambiente exterior.

Por que a saúde e segurança no trabalho são importantes

O trabalho desempenha um papel fundamental nas vidas das pessoas, considerando que a maioria dos trabalhadores passa pelo menos oito horas por dia no local de trabalho, quer seja numa plantação, num escritório, numa fábrica, etc.

Desta forma, os ambientes laborais devem ser seguros e saudáveis.

Por que a saúde e segurança no trabalho são importantes

Mas na verdade, não é essa a situação para muitos trabalhadores. Todos os dias, trabalhadores de todo o mundo expostos a múltiplos riscos para a saúde, tais como:

  • poeiras;
  • gases;
  • ruído;
  • vibrações;
  • temperaturas extremas.

Infelizmente, alguns empregadores assumem poucas responsabilidades relativamente à proteção da saúde e da segurança dos seus trabalhadores. De facto, os empregadores, em algumas situações nem sequer têm conhecimento de que têm responsabilidades, muitas vezes, legal, de proteger os trabalhadores.

Como resultado dos perigos e da falta dessa responsabilização com a saúde e segurança dos trabalhadores, (que deverá ser entendida como uma prioridade), os acidentes e as doenças profissionais são frequentes em todo o mundo.

A relação entre acidentes doenças na segurança do trabalho

Os acidentes ou as doenças profissionais acarretam custos muito elevados, podendo provocar múltiplos efeitos graves, diretos ou indiretos, nas vidas dos trabalhadores e das suas famílias.

Para os trabalhadores, alguns dos custos diretos de um acidente ou de uma doença, são:

  • a dor e o sofrimento provocado pelo acidente ou doença;
  • a perda de rendimentos;
  • a possível perda de um emprego;

Foram feitas estimativas no sentido de calcular os custos indiretos de um acidente ou de uma doença, concluindo-se que podem ser quatro a dez vezes superiores em relação aos custos diretos, ou até mais.

relação entre -acidentes doenças na segurança do trabalho

Uma doença ou um acidente de trabalho podem representar grandes custos indiretos aos trabalhadores, que são muitas vezes difíceis de quantificar.

Um dos custos indiretos mais óbvios consiste no sofrimento humano provocado ao próprio, às famílias dos trabalhadores, que não pode ser compensado com dinheiro.

Os custos relacionados com doenças ou acidentes de trabalho para os empregadores estimam-se igualmente como sendo avultados.

Para uma pequena empresa, o custo de um acidente poderá constituir um desastre financeiro. Para os empregadores, alguns dos custos diretos são:

  • remunerações de trabalho não realizado;
  • despesas médicas e indenizações;
  • reparação ou substituição de máquinas ou de equipamento danificado;
  • redução ou paragem temporária de produção;
  • acréscimo de despesas de formação e de custos administrativos;
  • possível redução na qualidade de trabalho;
  • efeitos negativos na motivação dos outros trabalhadores.

Para os empregadores, alguns dos custos indiretos são:

  • a necessidade de substituição do trabalhador acidentado/doente
  • a formação e o tempo de adaptação necessários para um novo trabalhador
  • o período de tempo até que um novo trabalhador tenha o mesmo nível de produção do trabalhador anterior
  • o tempo dedicado às investigações necessárias, à execução de relatórios e ao preenchimento de formulários
  • o fato de os acidentes afetarem muitas vezes os colegas de trabalho, preocupando-os, influenciando negativamente as relações de trabalho
  • o possível enfraquecimento e deterioração das relações com os fornecedores, clientes e entidades públicas face às deficientes condições de saúde e segurança no local de trabalho.

A nível geral, os custos da maioria dos acidentes ou das doenças profissionais para os trabalhadores, para as suas famílias e empregadores, são extremamente elevados.

Numa escala nacional, os custos aproximados dos acidentes e das doenças profissionais podem ser tão elevados como três a quatro por cento do produto interno bruto de um país.

Na realidade, ninguém sabe realmente quais os custos totais dos acidentes ou das doenças profissionais, porque estes representam uma multiplicidade de custos indiretos, que são muitas vezes difíceis de quantificar, para além dos custos diretos mais evidentes e quantificáveis.

Programas de saúde e de segurança do trabalho

Por todos os motivos acima referidos, é vital que os empregadores, os trabalhadores e os sindicatos ponham um forte investimento e envolvimento nas questões de saúde e na segurança, e que:

  • os riscos no local de trabalho sejam controlados – sempre que possível, na origem sejam mantidos todos os registos de qualquer exposição, durante muitos anos;
  • os trabalhadores e os empregadores estejam informados sobre os riscos de saúde e de segurança no local de trabalho;
  • exista uma comissão para a saúde e segurança, ativo e eficaz, que inclua os trabalhadores e os órgãos de gestão;
  • os esforços para a melhoria da saúde e a segurança do trabalhador sejam contínuos.

Conclusão

Por que os programas de segurança do trabalho devem ser eficazes

Por que os programas de segurança do trabalho devem ser eficazes

Programas eficazes de saúde e segurança no local de trabalho podem ajudar a salvar as vidas dos trabalhadores, através da eliminação ou redução dos riscos e das suas consequências.

Os programas de saúde e segurança têm igualmente efeitos positivos, quer no estado de espírito, quer na produtividade do trabalhador, constituindo benefícios importantes.

Ao mesmo tempo, um programa eficaz poderá poupar imenso dinheiro aos empregadores.

O que achou deste conteúdo?

A segurança do trabalho explicada em menos de 194 caracteres

Conte nos comentários

PS 1-

CLIQUE PARA INSCREVER-SE NO MEU CANAL DO YOUTUBE

PS 2-

Talvez você já percebido a importância dos eventos de sst no eSocial … e se você pudesse adquirir o ebook exclusivo da Segurança do Trabalho para o eSocial, perderia essa chance?

O conteúdo do ebook foi desenvolvido exclusivamente para profissionais prevencionistas, mas todas as informações deste ebook serve para os profissionais:

  • Departamento Pessoal;
  • Recursos Humanos;
  • Contadores;
  • Empresários;
  • Consultor Técnico SST;
  • Técnicos de Segurança;
  • Estagiário TST;
  • Estudantes e/ou Autônomos.

Empresas estão em busca de profissionais qualificados neste instante!

Clique no link em destaque e desfrute de oportunidade especial.

Eu quero o meu eBook secreto da sst para o esocial (atualizado 2019).

Clique no botão abaixo que deseja compartilhar esse conhecimento nas redes sociais:

Criador do blog | Website

Técnico De Segurança Do Trabalho no Departamento de Inteligência SST - Meraki Treinamentos.

Junte-se a mais de 5.317 pessoas e aprenda a obter melhores resultados com a segurança do trabalho

Nós respeitamos a sua privacidade e informações.